Cátedra Ignacy Sachs – PUC-SP | NEF

A Cátedra Ignacy Sachs

Deixe um comentário

A Cátedra Ignacy Sachs, criada pelo Núcleo de Estudos do Futuro (NEF), vinculado à Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais da PUC-SP, tem como principal fonte de reflexão e pesquisa o “Desenvolvimento Sustentável” em suas dimensões econômica, social, ambiental e cultural.

As ideias do cientista social e economista contemporâneo Ignacy Sachs norteiam a concepção e a atuação da Cátedra. O conceito de “desenvolvimento sustentável” proposto por Sachs, como resultado da combinação entre “crescimento sustentável”, aumentos igualitários do “bem-estar social” e “preservação ambiental” é dotado de grande atualidade e evidencia diversos dos desafios a serem ainda enfrentados pelas sociedades e pelos Estados modernos. Adequadamente considerado um “ecossocioeconomista”, Ignacy Sachs é responsável por fomentar o debate sobre os significados “ecodesenvolvimento”, que comportaria as contribuições da economia, da ciência política, da antropologia cultural e da ecologia.

A trajetória de Ignacy Sachs, relembrada pela relatora e parecerista da Proposta no CEPE, ajuda-nos a situar a importância da visão plural elaborada pelo cientista acerca do desenvolvimento. Como lembra a relatora: Ignacy Sachs, “nascido na Polônia, veio para o Brasil aos 14 anos de idade, onde se formou em economia na Universidade Cândido Mendes no Rio de Janeiro. Em 1954, voltou à Polônia e depois foi para a Índia, onde cursou doutorado na Universidade de Nova Dehli. Mais tarde sua ligação com o Brasil fez com que fundasse em 1985, na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris, o Centro de Pesquisas sobre o Brasil Contemporâneo”.

A Cátedra Ignacy Sachs da PUC-SP nasce vocacionada a espelhar esta trajetória múltipla, enriquecida pela íntima convivência com diversos patrimônios linguísticos e culturais, instruída pela percepção de diferentes níveis de desenvolvimento humano e material, alimentada por uma formação sólida e ao mesmo tempo aberta, sensível para a necessidade de uma atividade crítica permanente diante das contradições e dos desafios do chamado “desenvolvimento”.

Autor: Alê Almeida

Alessandra Felix de Almeida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s